Pneu maciço para empilhadeira 700x12


Quais são os tipos de pneus para empilhadeiras?

Pneus maciços ou superelásticos

Feitos totalmente de borracha sólida, os pneus maciços possuem uma vida útil razoável no uso de atividades realizadas por empilhadeiras. São adaptáveis a ambientes internos e externos, porém devem ser evitados na execução de atividades em terrenos não planos.

São recomendados para pisos lisos e regulares, a exemplo de cimento queimado e asfaltos. Os superelásticos não precisam ser calibrados e são resistentes a furos, o que reduz o risco da parada da empilhadeira para conserto de pneus, evitando o atraso no processo da produção.

Um tipo de pneu maciço que tem se destacado é o Cushion. Ele é exclusivo para pisos regulares, lisos e internos. São produzidos, geralmente, com borracha vulcanizada que fica unida à roda formando uma peça única.

Por possuírem a capacidade de alta estabilidade do equipamento em relação ao solo, o Cushion é utilizado em empilhadeiras que exigem a maior elevação dos garfos. Sua característica é essencial para quem busca flexibilidade no transporte e armazenamento de cargas e mercadorias em lugares mais altos.

Os pneus maciços deixam marcas no chão devido ao trânsito de empilhadeiras durante as atividades. Para evitá-las, alguns compradores dão preferência aos pneus superelásticos não manchantes, pneus brancos geralmente usados na indústria farmacêutica, química e alimentícia.

Pneus pneumáticos

Semelhantes aos pneus usados em automóveis, os pneus pneumáticos são constituídos por câmara de ar e possuem um revestimento de borracha espesso, proporcionando uma camada de proteção entre o equipamento e o solo. São recomendados para as atividades realizadas em pisos abrasivos ou irregulares, terrenos ásperos e instáveis, devido ao desnivelamento e buracos na área.

Os pneumáticos são resistentes, reduzem o desgaste do equipamento, possuem maior durabilidade e apresentam diferentes tipos de tamanhos, que variam entre 5×8 e 20×12 para adequar à sua máquina. Suas características proporcionam bem-estar para os operadores, pois, ao ter contato com o solo, a empilhadeira permanece estável, diminuindo ruídos e vibrações.

Esse tipo de pneu requer pouca manutenção. Por funcionar com câmara de ar, a instalação de um sistema de armazenamento de gás possibilita a disponibilidade do uso das empilhadeiras a qualquer momento, reduzindo as chances de imprevistos.

Como fazer a escolha certa do pneu para empilhadeiras

Você sabia que a escolha certa garante maior vida útil do pneu e dos equipamentos? A versatilidade em empilhadeiras modernas resultou no desenvolvimento da produção de pneus, um acessório importante para o funcionamento das máquinas.  O pneu mais adequado para sua empilhadeira é aquele recomendado pelo fabricante do equipamento. Atente-se às suas orientações, pois elas variam de acordo com o tipo de empilhadeira, as atividades realizadas no processo de produção e o ambiente ao qual o pneu se submete. A escolha inadequada do pneu pode danificar equipamentos, ambientes e atrasar os processos. Por isso, procure um tipo de pneu que se compatibilize com as características e necessidades da empresa. Se as atividades são realizadas em áreas internas e externas, em pisos abrasivos, irregulares e desnivelados, então é recomendado o uso dos pneumáticos, pois possuem a característica, como vimos anteriormente, de absorver impactos e vibrações entre o terreno e a empilhadeira, funcionando como uma espécie de almofada. Se as atividades forem realizadas em ambientes externos e internos, porém lisos, você poderá fazer o uso de pneus sólidos maciços. Sua composição não exige a calibragem dos pneus. Eles não são indicados para pisos abrasivos. O Cushion é recomendado para maior estabilidade das empilhadeiras e os pneus de borracha branca para não mancharem o piso.